Um diálogo entre Daniel Melim e Lívio Abramo

WhatsApp Image 2022-01-06 at 17.18.32

 

GOIVAS & ESTILETES

Um diálogo histórico visual entre Daniel Melim (1979 – ) e Lívio Abramo (1903 – 1992)

A exposição abre no dia 25 de janeiro 2022 na Choque Cultural, Alameda Sarutaiá, 206 .

 

 

A primeira exposição do ano na Choque Cultural traz a produção mais recente de Daniel Melim, um dos mais conceituados artistas de street art do Brasil. Seu trabalho é reconhecido nas ruas e institucionalmente, como mostra sua recente exposição Individual Reconstrução na Fundação Iberê Camargo. Com a sua estética Pop, Melim discute o papel social da arte, vai além do cubo branco e leva arte a locais menos privilegiados, através de intervenções urbanas e arte-educação. Nas palavras do artista: “Eu não quero ficar preso no meu ateliê e alienado da realidade à minha volta, por isso, procuro aliar a minha produção artística com uma atuação política e social direta. Cresci em São Bernardo, até hoje mantenho aqui o meu ateliê e vejo a cidade como uma extensão natural da minha área de trabalho. A arte deve estar próxima das pessoas, animando os jovens a se expressar e provocando a sociedade a se posicionar contra as injustiças sociais que tanto nos atormentam”. Apesar da política estar tão presente na sua vida, Melim não se prende a uma estética panfletária e entende que a arte pode ter um discurso autônomo e independente. E para aprofundar esse debate, foi buscar na arte moderna brasileira, um artista cuja história de intenso ativismo político contrasta com sua obra abstrata e técnica: Lívio Abramo (1903-1992). A xilogravura de Abramo e o estêncil de Melim são técnicas de produção relacionadas à acessibilidade da arte e a um discurso político que cria surpreendente correspondência entre os artistas de gerações tão diferentes. Além de novas telas, Melim apresenta algumas peças feitas a partir das máscaras (estêncil) que ele usa em suas pinturas urbanas.

 

 

 

Sem Titulo - 150x200 cm - 2020.

‘Homem Reticulado Espreita’, acrílica e spray sobre tela, 150 x 200 cm, R$40.000

 

 

 

A - 150 x 250 - 2021 - foto joão liberato

‘A’, acrílica e spray sobre tela, 150 x 250 cm, R$45.000

 

 

 

Melim - Realidades - 150 x 200 cm - 2021

‘Realidades’, acrílica e spray sobre tela, 150 x 200 cm, R$40.000

 

 

 

Self Nem - 150 x 200 cm - 2021 - foto joão liberato

‘Self Nem’, acrílica e spray sobre tela, 150 x 200 cm, R$40.000

 

 

 

tumulto - 150x200 - 2019_mel 282

‘Tumulto’, acrílica e spray sobre tela, 150 x 200 cm, R$40.000

 

 

 

Camadas - 200x150 cm - 2021 - foto joão liberato

‘Camadas’, acrílica e spray sobre tela, 200 x 150 cm, R$40.000

 

 

 

Melim 05.

‘Lutar’, colagem e spray sobre tela, 90 x 28 cm, R$20.000

 

 

 

propaganda de casa - 90x60cm_mel 278

‘Propaganda de Casa’, spray e acrílica sobre tela, 90 x 60 cm, R$20.000

 

 

 

 

IMG_4898

‘Gossip stencil’, 28 x 38,5 cm, papel recortado e policromado com moldura

 

 

 

IMG_4901

‘Fighting stencil’, 42 x 60 cm, papel recortado e policromado com moldura

 

 

 

Daniel Melim, M stencil , 70 x 50cm, papel recortado e policromado com moldura

‘M stencil’, 50 x 24 cm, papel recortado e policromado com moldura

 

 

 

Daniel Melim, Superman stencil, 70 x 50cm, papel recortado e policromado com moldura

‘Superman stencil’, 58 x 33,5 cm, papel recortado e policromado com moldura

 

 

 

‘Método stencil’ , 77 x 56,5 cm, papel recortado e policromado com moldura

 

 

 

IMG_4893

‘Deshistoria stencil’, 77 x 36,5 cm, papel recortado e policromado com moldura

 

 

 

Lívio Abramo, Rio, 1953, xilogravura

Lívio Abramo, Rio, 1953, xilogravura

 

 

Lívio Abramo, 1987, 47x65cm, litogravura

Lívio Abramo, 1987, 47x65cm, litogravura

 

 

 

Servico:

Galeria Choque Cultural

Endereço: Alameda Sarutaiá 206, Jardim Paulista

Abertura: 25 de janeiro de 2022.

Período da exposição: de 25/1 a 26/2 

Visitação: terça a sexta 11/18hs e sábados, das 11 às 17hs

ou com agendamento pelo email galeria@choquecultural.com.br