‘FreeHands’ exposição de Ale Jordão

ale jordao

Fuck, impressão digital sobre tapeçaria, 150 x 100 cm

 

 

Uma das mais importantes formas de comunicação do ser humano são os sinais feitos com as mãos. Na internet, alguns desses sinais transformaram-se em ícones e ganharam lugar muito especial no imaginário da rede. Sua ampla, generalizada e irrestrita utilização impulsionou a criação da linguagem dos emojis – entendida por todo mundo, até por crianças que ainda nem aprenderam ler. O artista Alê Jordão resolveu investigar melhor esse fenômeno comunicativo (os sinais feitos com as mãos) dissecando o assunto com uma de suas ferramentas prediletas: o humor. E sua inspiração foi o raio X. (Lembrando que o artista teve contatos intensos com as chapas radiográficas para saber se os seus ossos ainda estavam inteiros depois das suas muitas quedas do skate).

 

 

Ale Jordao 01

OK, impressão digital sobre tapeçaria, 150 x 100 cm, R$19.000

 

 

Desse modo, ou seja, revisitando antigas situações ortopédicas, Jordão começou a explorar as imagens translúcidas das radiografias – um método de impressão pouco utilizado no universo da arte contemporânea, embora tenha um apelo gráfico tão poético: trata-se de uma reprodução fotográfica impressa em prata sobre uma lâmina de acetato transparente. Jordão explora a tecnologia radiológica na sua essência: a produção de uma imagem que atravessa a camada superficial da pele para focar-se no osso, ou seja, na camada estrutural. Mas o artista não está interessado na primeira visada que se tem das radiografias e suas imagens acinzentadas. Ele ressignifica essa imagem típica através de um processo de reimpressão digital sobre tapeçaria.  

 

Com inversões de expectativa, Jordão tensiona a nossa relação alienante com toda essa iconografia das mãozinhas a que somos expostos diuturnamente. E o humor non-sense é o fator que torna as associações sugeridas pelo artista palatáveis apesar de incompreensíveis. Ou você consegue ver sentido na união entre tapete e radiografia, entre o osso e o joinha?

 

 

Ale Jordao 03

Like, impressão digital sobre tapeçaria, 140 x 80 cm, R$17.000

 

 

 

Ale Jordao 03

Dislike, impressão digital sobre tapeçaria, 140 x 80 cm, R$17.000

 

 

Ale Jordao 07

Tchau, impressão digital sobre tapeçaria, 140 x 80 cm, R$17.000

 

 

Ale Jordao 05

Heart, impressão digital sobre tapeçaria, 140 x 80 cm, R$17.000

 

 

 

 

20210528_151836

‘Tomara’, impressão digital sobre tapeçaria, diâmetro 180 cm, R$23.000

 

 

Serviço:

Galeria Choque Cultural

Alameda Sarutaiá, 206. Jardim Paulista – 01403-010

Free Hands, exposição inaugural da Choque Sarutaiá 206. Soft opening no sábado, 5 de junho das 11 às 17.

Do dia 7 ao dia 12 de junho, ficaremos abertos até às 22 horas. Marque uma visita pelo galeria@choquecultural.com.br ou pelo whatsapp 11 99985-2201

Horário normal de funcionamento:

terça a sábado, das 11 às 18 horas. Não precisa agendar