Rafael Silveira na Caixa Cultural Brasília

Rafael Silveira, 38 anos é um inventor, um visionário que usa a arte para tirar tudo do lugar comum. Apesar da pintura a óleo ser sua grande paixão pessoal, o artista explora fluentemente uma farta diversidade de mídias, fundindo, transformando e apropriando-se delas, muitas vezes de modo não convencional – música, performance, instalação, imagem em movimento, desenho, escultura e todo tipo de explorações transmidiáticas.
 convite maior
 
Circonjecturas é uma exposição imersiva, na qual as pessoas são convidadas a participar das obras, entrar e interagir com as instalações, penetrar a paisagem gráfica que toma conta do espaço expositivo, sentar no sorvete derretido, fazer parte da arte. É uma provocação onírica permanente e sugere um flanar estranho, sujeito a encontros com pinturas esculpidas, esculturas pintadas e outras hibridações. Circonjecturas guarda, ainda, segredos e curiosidades quase indescritíveis, como o “jardim botânico de naturezas-vivas” ou o “beco com sombras projetadas por desenhos bordados”, exemplos de uma experiência sui generis de degustação sensorial. Experimente sem moderação.

Exposição Circonjecturas

Local: Caixa Cultural de Brasília (Setor Bancário Sul, quadra 4, lotes 3/4)

Abertura: 15 de outubro, às 19h

Período: de 16 de outubro a 15 de dezembro de 2019

Horários: de terça a domingo, das 9h às 21h

Classificação indicativa: livre para todos os públicos

Entrada gratuita.