O Muro de Fora: Graffiti e Pichação em São Paulo

O Muro de Fora: Graffiti e Pichação em São Paulo

Professor
Pedro Moreira é mestre em filosofia pela Universidade de São Paulo, onde desenvolveu uma pesquisa sobre graffiti e pichação paulistana entre 2014 e 2018 sob orientação do Prof. Dr. Leon Kossovitch. Tem contato próximo com o movimento que começa a levar a produção de pintura mural de São Paulo para as galerias e museus desde quando começou a trabalhar na galeria Choque Cultural em 2004.

pedro moreira
Curso:
O curso pretende apresentar uma visão geral da produção de graffiti e pichação em São Paulo da década de 1970 até hoje em dia, a fim de ajudar o aluno a identificar os principais grupos que se formaram durante esse período. Também será mostrado o processo da transformação desses artistas, de praticantes de uma tradição até o desenvolvimento de um trabalho pessoal, momento no qual os grafiteiros começam a quebrar com as regras do Graffiti Internacional.

keith hering

Foto de Keith Haring

Programação
O curso terá quatro encontros de duas horas, e pretende abarcar os seguintes tópicos:

Primeiro Encontro: Introdução ao tema, definição do escopo do curso e apresentação do professor e alunos. Primeiras gerações de pintura e escritura mural em São Paulo, a Pichação Poética do final dos anos 1970 e a primeira geração de graffiti paulistano.

Segundo Encontro: Breve história do estilo americano que se internacionalizou em meados dos anos 80 e o começo de sua prática a partir de 1985 no Brasil. Apresentação do conceito de Pichação Paulistana em comparação com a pichação de outros lugares do Brasil e do mundo, definição estrita de Graffiti Internacional.

Terceiro Encontro: Desenvolvimento do Graffiti Internacional no Brasil e comparação com a Pichação Paulistana a fim de mostrar as diferenças, não apenas visuais, entre as práticas. Exemplos do Graffiti Internacional através do mundo para exemplificar sua predominância e unidade visual. Definição do termo Arte Urbana e sua relação com o Graffiti.

Quarto Encontro: A partir de exemplos de visuais e breves biografias artísticas mostrar o desenvolvimento do trabalho de artistas vindos do graffiti que começaram a desenvolver um trabalho pessoal, que rompe com as regras do Graffiti Internacional. Análise de exemplos trazidos por alunos de graffiti, pichação e arte urbana.  Encerramento.

Quando: sábados 15, 22, 29 de setembro e 6 de outubro 2018

Local: Choque Cultural – Rua Medeiros de Albuquerque, 250 – Vila Madalena, Sp

Horário: 15 às 17hs

Valor: R$ 50,00