GINKGO livro-objeto de Bruno Oliveira

Bruno Oliveira, paulistano, nascido em 1983, é de uma geração que cresceu sob a influência do “faça você mesmo”, dos zines, das tatuagens e da cultura digital.

bruno oliveira
E tudo isso está intensamente presente na sua produção artística.
Dessa geração, pode-se notar, um acentuado gosto pelo fazer manual – em oposição à digitalização generalizada e deslumbrada a que esteve exposta na década final do Século passado.
Assim, munido de goivas, rolos, máquinas de tatuar e outras ferramentas tradicionais, utilizando técnicas antigas, Bruno tem produzido e reproduzido seus desenhos monocromáticos em papeis, paredes e peles.
Graduado em Comunicação Social, Bruno teve sua formação artistica forjada, principalmente, no Atelier Piratininga e na vivência com o gravador e professor Ernesto Bonato. Entre silks, xilos, lambe-lambes e tattoos, o artista desenvolve sua paixão pela gravura em todas as suas formas, um mix (bem contemporâneo) de xilo gravuras clássicas japonesas com cópias xerox de zines punk.

capa fb

Sobre a edição:
Seguindo a tradição das edições de artes gráficas da Choque, desafiamos o artista Bruno Oliveira a produzir um álbum – um livro-objeto – de múltipla leitura, que incorporasse um pouco da intensidade dos processos e técnicas que envolvem o seu trabalho.

Essa edição contém:

Tecnicas: Xilogravura, Calcogravura (gravura em metal), Tecnicas planas (serigrafia e stencil).