Coletivo BijaRi


Praças (Im)possíveis #02

201520
arte-móvel - estrutura híbrida (bicicleta/mobiliário urbano)
200 × 80 cm


Praças (Im)possíveis #03

201520
arte-móvel - estrutura híbrida (bicicleta/mobiliário urbano)
350 × 80 cm


Pracas (Im)possíveis #01

201520
arte-móvel - estrutura híbrida (bicicleta/mobiliário urbano)
240 × 150 cm

Coletivo BijaRi está baseado em São Paulo e foi formado em 2001 por arquitetos, artistas e uma equipe de produção digital. Desenvolvem instalações, performances e situações que envolvem o espaço urbano e públicos diversos. Os “Carros-Verdes” – carcaças de carros abandonados transformados em floreiras, as “Praças Impossíveis” – bicicletas cargo transformadas em peças de mobiliário urbano e as projeções digitais mapeadas são exemplos da multidisciplinaridade e da postura politizada que marca o Bijari.

Currículo

2015 WorkshopPraças (Im)Possíveis – Querétaro, México – Universidade Autônoma .

2015 ‘Praças (Im)Possíveis individual –  Galeria Choque Cultural

2014 ‘Tensionamento’ intervensão no Largo da Batata, São Paulo

2014 ‘Bichos Escrotos’ instalação projeto Fishing – Praça Burle Marx – São Paulo Brasil

2013 ‘Ponte do Rio Anhangabaú’ intervenção urbana, São Paulo – Brasil

2012 ‘Liquidscapes’ mostra/intervenção na Embaixada do Brasil durante os Jogos Olímpicos de 2012 em Londres

2011 “De dentro para fora / De fora para dentro”, MASP, São Paulo, Brasil “Living As Form: Socially Engaged Art from 1991-2011”, New York, EUA “MDE11”, Medellin, Colômbia “The Invisible Reality Show”, Colonia, Alemanha “Zona de Poesia Árida”, Matilha, São Paulo, Brasil “Freshlatino”, Projeto Intinerante pelo Mundo

2010 “BID – Bienal Internacional de Design” (Prêmio), Madri, Espanha “La Noche en Blanco”, Madri, Espanha “Out Post”, Los Angeles, EUA “Post Post”, Buenos Aires, Argentina “Território da Arte”, Araraquara, Brasil “Virada Cultural”, São Paulo, Brasil “Arquitetura em Movimento”, São Paulo, Brasil “SWU” (Ônibus Verde), Itú, Brasil

2009 “Annenviertel Rotor”, Graz, Austria “Residência artística”, Vitry, Paris, França “5ª Bienal Vento Sul / Latino Americana”, Curitiba, Brasil “Freshlatino”, Madri, Espanha “Freshlatino”, Frankfurt, Alemanha “Desobedience, a video archive”, Bucaresti, Romenia “There Goes the Neighbourhood”, Sydnei, Austrália “BrazilContemporary/Visual Culture”, Rotterdam, Holanda “8ª Bienal Arquitetura”, São Paulo, Brasil “Design Brasileiro Hoje: Fronteiras”, São Paulo, Brasil “Residência Artística”, Centro Cultural da Juventude, São Paulo, Brasil

2008 “Residência artística”, Vitry, Paris, França “Intermidiae”, Arco08, Madri, Espanha “Galerias Subterrâneas”, Curitiba, Brasil “Verbo”, São Paulo, Brasil “OnOff”, São Paulo, Brasil “Narrativas Conteporâneas – Videobrasil”, Lima, Perú

2007 “Publico Transitório”, Los Angeles – Tijuana, EUA – México “Mobilefest”, São Paulo, Brasil “16ª Videobrasil”, São Paulo, Brasil “File”, São Paulo, Brasil “I Bienal do Fim do Mundo”, Ushuaia, Argentina

2006 “Estrecho Dudoso”, San José, Costa Rica “Monumenta”, Pelotas, Brasil “Qui Vive?”, Moscou, Russia “Passos, Vistas”, Cidade do México, México “IX Bienal de Havana”, Sala Especial TerritórioSP, São Paulo, Brasil “La Normalidad”, Buenos Aires, Argentina “Mutantes na Parede”, Espaço CEL 1121, São Paulo, Brasil

2005 “ColectivCriativity”, Kassel, Alemanha “Galeria Favo”, Galeria Favo, São Paulo, Brasil “E- FLUX Virtual Gallery”, Berlin, Alemanha “Jamac”, Galeria Vermelho– São Paulo, Brasil “Projeto Cubo, intervenção multimidia”, São Paulo, Brasil “Arquitetura da (R)existência”, Instituto Cultural Capobianco, São Paulo, Brasil “Resfest 2005”, São Paulo, Brasil “Terras Em Trânsito”, New York, EUA

2004 “VMB MTV” (Prêmio Direção de Arte), São Paulo, Brasil “E- FLUX Virtual Gallery”, New York, EUA “Terras Em Trânsito”, Cidade do México, México “File”, São Paulo, Brasil “Heterodoxia”, Memorial da América Latina, São Paulo, Brasil “Resfest 2004”, São Paulo, Brasil “28ª Mostra do Audiovisual Paulista”, CCBB, São Paulo, Brasil “Vigilia Cultural 2”, São Paulo, Brasil “Digitofagia”, MIS, São Paulo, Brasil “Salão Frankelstein”, São Paulo, Brasil “Festival Internacional de Curtas de BH”, Belo Horizonte, Brasil “Olhar Paulista 2”, Instituto Cervantes, São Paulo, Brasil “Zona de Ação”, Sesc Paulista, São Paulo, Brasil “GIA: Salão de Maio”, Salvador, Brasil “VII Bienal de Design Gráfico/ADG” (Prêmio), Memorial da América Latina, São Paulo, Brasil “Uma Viagem de 450 anos”, Sesc Pompéia, São Paulo, Brasil

2003 “ACMSTCC ou MSTCACC ou CMSTCAC”, Prestes Maia, São Paulo, Brasil “Resfest 2003”, São Paulo, Brasil “Circuito Cultural Vila Buarque 24h”, São Paulo, Brasil “VIII Bienal de Havana”, Havana, Cuba “Mostra do Audiovisual Paulista”, CCBB , São Paulo, Brasil “Next Five Minutes 5 – Mídia Tática Brasil”, Casa das Rosas, São Paulo, Brasil “Ação urbana Armário”, Sesc Pompéia, São Paulo, Brasil “Projeto Laboratório – Perfomances e Intervenções Multimídias Intinerantes”, São Paulo, Brasil

2002 “Red Bull Live Images”, Galpão das Américas, São Paulo, Brasil “Ópera Aberta”, Casa das Rosas, São Paulo, Brasil “México Imaginário”, Casa das Rosas, São Paulo, Brasil “X Salão Paulista de Arte Contemporânea”, Galeria do Rock, São Paulo, Brasil “VI Bienal de Design Gráfico/ADG”, Sesc Pompéia, São Paulo, Brasil “Intervenção urbana multimidia 24 de Maio”, Sesc 24 de Maio, São Paulo, Brasil “Projeto Laboratório – Perfomances e Intervenções Multimídias Intinerantes”, São Paulo, Brasil

2001 “III Bienal do Mercosul”, Cidade dos Containers, Porto Alegre, Brasil “MAC de Goiás”, Goiânia, Brasil “Realidade Transversa”, Casa das Rosas, São Paulo, Brasil “Ação urbana Antipop: Galinha”, Laboratório, São Paulo, Brasil “Projeto Laboratório – Perfomances e Intervenções Multimídias Intinerantes”, São Paulo, Brasil

2000 “V Bienal de Design Gráfico/ADG”, Sesc Pompéia, São Paulo, Brasil “Projeto Laboratório – Perfomances e Intervenções Multimídias Intinerantes”, São Paulo, Brasil